Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Mundo da Inês

Neste blog vou falar e expressar as minhas opiniões sobre vários assuntos. Espero que visitem o meu mundo!

O Mundo da Inês

Neste blog vou falar e expressar as minhas opiniões sobre vários assuntos. Espero que visitem o meu mundo!

Noite de cinema no Jardim do Cerco

publicado por O Mundo da Inês, 01.09.15

Cinema ao ar livre 29-08-15 I.JPG

Foi a minha primeira vez, num cinema ao ar livre, e adorei!

A noite estava espectacular, sem frio, apesar de o céu estar cheio de nuvens, e a lua estava cheia!

A sala de cinema foi improvisada no Jardim do Cerco, onde havia várias cadeiras mas, quem quisesse, também se podia sentar na relva. Estávamos rodeados de árvores e só se via pedacinhos do céu, que pareciam uma falsa cobertura.

 

Cinema ao ar livre 29-08-15 VII.jpg

O filme que fomos ver, Paddington, deixámo-lo para trás há uns meses, quando optámos por ir ver a Cinderela ao cinema. E fizemos bem, porque agora acabámos por vê-lo, e sem pagar nada!

 

Cinema ao ar livre 29-08-15 V.JPG

E é claro que não poderia faltar o quiosque com as pipocas e o algodão doce, para nos entretermos durante a sessão de cinema.

 

Cinema ao ar livre 29-08-15 VI.JPG

 

Sobre o filme, é a história de um urso que foi criado pelos tios mas, quando o tio morre durante um terramoto, o urso Paddington é enviado pela tia a Londres, para encontrar o explorador que os visitou há uns anos e que lhes prometeu serem bem recebidos se algum dia lá fossem.

Só que nem tudo corre como o previsto. Ele acaba por ir morar com uma outra família mas, ao ir procurar o explorador, fica a saber que ele morreu, e quem o recebe é a filha, que quer matar o urso e colocá-lo em exposição num museu.

Será a família com quem ele estava que irá tentar salvá-lo.

 

 

 

 

 

 

 

O bilhete do cinema

publicado por O Mundo da Inês, 17.07.15

 

Um homem chega ao cinema, compra o seu bilhete e dirige-se à sala. Dali a poucos minutos volta à bilheteira e compra um novo bilhete. Vai embora, mas volta novamente e compra outro bilhete.

A funcionária, sem perceber o que se passava com o senhor, pergunta-lhe "Mas porque é que o senhor está sempre a vir aqui comprar um novo bilhete?".

O homem responde: "porque está lá um rapaz à entrada da sala que me rasga o bilhete cada vez que eu entro!"