Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Mundo da Inês

Neste blog vou falar e expressar as minhas opiniões sobre vários assuntos. Espero que visitem o meu mundo!

O Mundo da Inês

Neste blog vou falar e expressar as minhas opiniões sobre vários assuntos. Espero que visitem o meu mundo!

Clube de Leitura improvisado!

publicado por O Mundo da Inês, 10.06.15

 

Ontem, na minha escola, realizou-se uma actividade diferente.

Os primeiros 30 alunos que se inscrevessem iriam passar a noite na biblioteca da escola, como se fosse um acampamento. Tinham que levar saco cama, algumas coisas para comerem entre todos, e vontade de passarem um momento diferente. O objectivo era incentivar à leitura, e o convívio.

Mas eu não fui. No entanto, acabámos por improvisar aqui em casa uma espécie de Clube da Leitura!

A minha mãe tinha comprado um livro para cada um, e juntámo-nos todos no meu quarto, à noite, a ler cada um o seu livro. Até a Tica se juntou a nós, não a ler, mas a dormir no colo da minha mãe!

Às tantas, acabei por adormecer! Mas pelo menos tivemos um pequeno momento em família!

Estou aborrecida

publicado por O Mundo da Inês, 29.04.15

transferir.jpg

 

Hoje é o Dia da Dança. Na minha escola vai haver apenas uma actividade, penso que uma aula de Zumba, mas tenho aulas a essa hora e não vou poder participar.

No início do ano, o professor de educação física, e director de turma, tinha falado que íamos ter várias actividades para celebrar. Estava ansiosa para que chegasse o dia, porque é uma coisa que gosto muito.

Quando foi o dia do atletismo, fomos encorajados a participar. Tínhamos até as faltas às aulas justificadas. 

E hoje, nem isso. Só porque não consideram a dança um desporto, e não a ensinam na escola, não quer dizer que não seja importante!

 

Doenças estranhas

publicado por O Mundo da Inês, 16.03.15

transferir (7).jpeg

 

Há doenças muito estranhas que nunca tinha ouvido falar.

Há 3 anos apareceram-me umas pintinhas nos pés e nas pernas. Fui ao médico que me mandou pôr pomada e voltar lá dali a uns dias.

Quando voltei, já tinha muitas dores e mal conseguia andar. Fiquei logo internada. Tinha púrpura.

Não há medicação para esta doença, a não ser descanso, e comprimidos para as dores. Estive uma semana no "Hotel 5 Estrelas", como lhe chamei. Só podia levantar-me para ir à casa de banho e tive que fazer uma dieta especial.

Púrpura de Henoch Shönlein é uma inflamação dos vasos sanguíneos, mas é difícil descobrir a causa.

É muito comum na infância. É perigosa porque pode afectar os rins.

Depois de sair do hospital, estive mais um mês em casa. Foi complicado porque nesse período ia ter os testes intermédios. Mas a minha mãe ia trabalhar de manhã, e à tarde ficava em casa comigo a explicar-me a matéria.

Finalmente, voltei à escola. Já tinha saudades dos meus colegas e da professora. E consegui tirar boas notas!

Hoje, já estou totalmente curada, mas ainda andei quase 2 anos com as pintinhas a aparecer e desaparecer, e em consultas de vigilância.

 

O meu colega Diogo

publicado por O Mundo da Inês, 12.03.15

 

Há coisas tão boas e outras tão más, que nem conseguimos explicar.Desde o início do ano letivo que, havia um aluno que não vinha às aulas.

Todos os professores faziam a chamada e perguntavam pelo nosso colega, (Diogo).

Um dia a nossa professora de Educação Tecnológica, disse que o nosso colega tinha tido um acidente... foi atropelado.

Ficámos muito tristes pela situação dele.

Passadas umas semanas, tinha chegado o dia em que iamos conhecer o Diogo.

Ficamos em choque, mesmo nunca tê-lo visto na escola.

Mas, ontem aconteceu uma coisa extraordinária:

fui à biblioteca da escola e requisitei um livro que falava de um menino que andava de cadeira de rodas.

Li-o a pensar no Diogo.

Uma colega minha disse uma coisa para  todos aqueles que estavam a rodear do Diogo:

-"Gostava de ver o Diogo a aproximar-se de nós e perguntar se podia jogar à bola connosco!" 

E eu gostava de poder ter a oportunidade de o conhecer melhor.