Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Mundo da Inês

Neste blog vou falar e expressar as minhas opiniões sobre vários assuntos. Espero que visitem o meu mundo!

O Mundo da Inês

Neste blog vou falar e expressar as minhas opiniões sobre vários assuntos. Espero que visitem o meu mundo!

25
Jun15

O Baile das Princesas Disney em Oeiras!

O Mundo da Inês

Transformado num autêntico castelo de conto de fadas, o Palácio do Marquês de Pombal, em Oeiras, foi o cenário do primeiro Baile das Princesas Disney realizado em Portugal, que juntou na tarde de sábado, 20 de junho, 150 crianças vestidas a rigor.

Imagem cinema.sapo.pt

 

No último sábado, dia 20 de junho, entre as 17h e as 19h, realizou-se no Palácio do Marquês de Pombal, em Oeiras, o primeiro Baile das Princesas Disney. Foi a primeira vez que este baile aconteceu em Portugal, e contou com a participação de 150 crianças, entre as quais, algumas crianças convidadas pela associação Terra dos Sonhos, que ajuda a realizar os sonhos e desejos de crianças muito doentes. 

Patrícia Reis, diretora de Marketing da filial portuguesa da The Walt Disney Company, espera que este evento se torne a repetir por mais anos, transformando a tarde dos participantes num verdadeiro conto de fadas!

Houve um concurso para escolher os participantes e os vencedores tinham que ir vestidos como as suas princesas ou príncipes favoritos. Antes do baile, participaram em várias actividades como decoração, pintura e colagens, ateliê de cozinha, costura e bordados, jardinagem e outras.

Por fim, chegou então o momento do baile, com direito a um sapato gigante da Cinderela como decoração, e onde puderam aprender a dançar como nos filmes de animação que vemos.

 

 

25
Jun15

O meu poema #2

O Mundo da Inês

 

A Sandra Afonso

que era melguinha 2

Agora mudou

Ora pois

 

A Marta

Fala de como sobreviver à escola

E dos peixes

Ora, ora

 

A Sara 

Deve ser inteligente

Deve ser engraçada

E de boa gente

 

Guardado para o fim

A Tini sem limites

Podes gostar de peixe 

E de uns grandes bifes

24
Jun15

A saúde é mais importante que estar na moda!

O Mundo da Inês

 

O Sapo publicou ontem um artigo em que chamava a atenção das pessoas para alguns erros que podem cometer, para andarem na moda, mas que podem prejudicar a saúde. Aqui ficam algumas dicas:

 

O calçado

Saltos altos ou rasos? O ideal é o meio termo.

Sapatos rasos, botas, sabrinas e sandálias totalmente rasas, não oferecem o amortecimento ou apoio necessário para o pé, podendo provocar dores no calcanhar, tendinite e fascite plantar (inflamação de um tendão que liga o osso do calcanhar aos dedos).

Por outro lado, o calçado com saltos muito altos obriga a concentrar todo o peso do nosso corpo nos dedos, o que provoca problemas nos pés, pernas e coluna, assim como calos e joanetes, dores nos joelhos, ancas e costas. E, se for usado diariamente, pode alterar o próprio formato dos músculos das pernas, impedindo por vezes a boa circulação do sangue. 

 

Já aquelas botas que agora se vêem muito no inverno, que parecem tão confortáveis e quentinhas, cheias de pelo, também podem prejudicar os pés, porque não os deixa respirar. E pode originar o aparecimento de fungos. 

 

O vestuário

Devemos evitar roupa muito justa, seja interior (como cintas e lingerie) ou exterior (calças) e acessórios (cintos).

Após as refeições, o estômago dilata por causa da produção de ácidos gástricos. A roupa apertada vai fazer pressão sobre o estômago, e essas substâncias retornam para o esófago, dificultando a digestão e provocando azia e refluxo.

O uso diário de roupas apertadas, principalmente calças jeans ou meias, prejudica a circulação sanguínea e podem surgir derrames e varizes nas pernas

As calças e cintos apertados podem também prejudicar a respiração.

Roupa interior apertada e de materiais inapropriados pode dar origem ao surgimento de fungos e bactérias que podem causar corrimentos e doenças como candidíase. Se for em renda, podem causar prurido, queimaduras e irritação.

 

Como aconteceu recentemente a uma mulher australiana, o uso de calças demasiado justas, principalmente quando estamos constantemente em movimento, pode causar problemas como compressão dos nervos das pernas, dores, diminuição ou perda de sensibilidade, queimaduras e outros. Se gosta de calças justas, opte por usar calças elásticas, que são mais flexíveis e permitem melhores movimentos.

 

Os acessórios

 

Não é o tamanho da mala que é o problema. Mas sabemos que, quanto maior for, maior a tend~encia para lhe colocarmos mais coisas dentro. E é esse que é o problema - o peso!

Peso a mais na sua mala de ombro pode provocar problemas no pescoço, costas e ombros. À minha mãe aconteceu algo parecido. Além da mala que já é pesada, ainda levava mais uns sacos. No outro dia, acordou cheia de dores e sem conseguir mexer o pescoço.

Se for usada constantemente com esse peso, acaba por mudar a posição do corpo e alterar a postura ao longo do tempo, prejudicando as costas e a coluna.

 

 

Brincos grandes e pesados devem ser evitados porque, se forem usados diariamente, esticam e desgastam a perfuração do lóbulo. Além disso, ás vezes acontece os brincos prenderem na roupa ou até no próprio cabelo e, sem darmos conta, ou a tentarmos desembaraçar, pudemos puxar com força e rasgar o lóbulo.

23
Jun15

Sugestões para prendas, precisam-se!

O Mundo da Inês

Fui convidada para uma festa de aniversário de uma amiga minha - a Rosamond - que vai fazer 11 anos. 

Eu considero-a minha amiga, embora não estejamos muito tempo juntas. Durante o ano vamos escrevendo uma à outra, e combinando algumas saídas, mas não a conheço assim tão bem para saber o que ela gosta, além de que ela tem praticamente tudo.

Por isso, preciso de sugestões para escolher um presente para essa minha amiga, que não seja muito caro, mas que seja algo que ela possa gostar.

O ano passado ofereci-lhe um livro. Este ano, a minha mãe sugeriu oferecer-lhe um Diário. Ou uma caixinha personalizada, mas não sei fazer nada disso.

Podem dar-me algumas ideias?

 

 

23
Jun15

Divertida Mente - o filme deste verão!

O Mundo da Inês

 

Então vou aqui contar-vos um pouco do filme, para vos entusiasmar ainda mais a vê-lo!

Com o nascimento da Riley, surge a primeira personagem, que é a Alegria. E é esse sentimento que vai fazer parte dos primeiros momentos da vida da pequena Riley.

Mas será por pouco tempo porque, à medida que cresce, outros sentimentos se vão juntando e habitando o "quartel general" do cérebro da Riley. A Tristeza, o Medo, a Repulsa e a Raiva.

 

 

Todos eles têm a sua função, todos são importantes e complementam-se. A esta altura, estamos a ver o filme e já a imaginar personagens como aquelas na nossa cabeça!

Além do "quartel general", existem as ilhas, como a Ilha da Palhaçada, a Ilha da Família ou a Ilha da Honestidade, que fazem parte do carácter da Riley.

 

 

Tudo corre bem até que a família da Riley muda de casa e inicia uma nova vida. A Riley não está muito satisfeita, mas a Alegria tenta resolver essa situação. Ela acha que só ela pode ajudar, e que para tudo há uma solução. Tenta a todo o custo que a Riley não se sinta triste.

Isto porque a Tristeza anda a tocar nas memórias felizes da Riley e a torná-las tristes. Por isso, a Alegria põe a Tristeza bem longe da consola de comandos e das memórias, mas vai haver um acidente.

 

 

Todas as memórias essenciais são sugadas e, com elas, a Alegria e a Tristeza.  Sem as duas lá, quem fica encarregue de tudo são a Repulsa, a Raiva e o Medo, que tentam o melhor que podem mas acabam por estragar ainda mais.

As ilhas vão caindo à medida que a Riley entra em depressão, a consola de comandos deixa de funcionar e a Riley deixa de sentir o que quer que seja. 

 

 

A Alegria vai perceber, na sua aventura para regressar ao "quartel general", que ela não é a única que faz falta no cérebro da Riley, nem a mais importante. Vai perceber que nem sempre tem razão, e que não é a dona da verdade.

E que a Tristeza também é importante, para que depois possa haver Alegria! Vai ser a Tristeza, que no início parecia desastrada e inútil, a grande responsável pelo retorno à normalidade no cérebro da Riley!

 

 

Durante o filme, também vemos algumas vezes o que se passa no cérebro dos pais da Riley e, mesmo no fim do filme, vão aparecer várias personagens onde vamos ver os sentimentos dentro de todas, até nos animais!

No fundo, este filme faz-nos perceber como funciona a nossa cabeça, o que acontece lá dentro e como isso se vê cá fora!

 

E tudo vai terminar bem!

 

Quem é que já viu e quer dar a sua opinião?

E quem é que ainda não viu, e quer muito ir vê-lo?

 

Eu recomendo, para pais e filhos!

23
Jun15

O Manzarra anda a perder a piada

O Mundo da Inês

 

Sou só eu que acho cada vez menos piada ao João Manzarra?

É que me parece tudo muito forçado e exagerado, não parece natural. E se, no Ídolos, ao lado da Cláudia Vieira, ainda gostava de o ver, agora só me apetece mudar de apresentador!

O ditado diz que "mais vale cair em graça do que ser engraçado". No início, o João Manzarra caiu em graça. Agora, está a tentar ser engraçado! 

E quanto mais ele tenta ter piada, pior.

 

22
Jun15

A Andresa foi a primeira eliminada do Ídolos

O Mundo da Inês

imagem www.impala.pt

 

Ontem foi a primeira gala em directo, do programa Ídolos.

E foi, também, noite da primeira expulsão.

A Andresa era, logo após o primeiro casting, uma das favoritas à vitória. Daí em diante, teve alguns percalços, mas foi escolhida para o top 12.

Ontem, apesar de gostar muito dela, achei que foi a concorrente com a actuação mais fraquinha. Por isso, penso que a decisão do público, neste caso, foi justa.

Provavelmente, há concorrentes que não têm tanto valor. Mas não basta ter valor e talento, se não se consegue mostrá-lo.

Posso dizer que por mim podia ter saído o Miguel ou o Gonçalo, mas não seria justo. O programa chegou a uma fase em que é preciso mostrar trabalho e evolução.

Gostei muito de ouvir a Sara e a Mafalda!  

 

22
Jun15

A minha aventura na Corrida da Criança!

O Mundo da Inês

Corrida da Criança 11-21-06-15.jpg

 

Ontem fui com a minha mãe e o meu padrasto participar na Corrida da Criança, que se realizou nos jardins do Casino Estoril.

Tivemos que deixar o carro num estacionamento, e ir o resto do caminho de comboio, porque o trânsito estava cortado. Houve muitos participantes e encontrámos alguns no mesmo comboio.

Quando lá chegámos, já estavam a fazer o aquecimento e fomos fazer também. Em seguida apresentaram todos os embaixadores. O Ricardo Carriço era um dos apresentadores e embaixador da corrida.

Quando deram o sinal de partida, lá fomos nós! Fizemos uma parte a correr, e outra a andar, mas correu bem!

 

Corrida da Criança 7-21-06-15.JPG

 

Estava tudo muito bem organizado. Assim que cortavamos a meta, tínhamos os voluntários a distribuir garrafas de água. Depois era só ir, de tenda em tenda, para recolher aquilo a que tínhamos direito!

Primeiro, o saco com os prémios. Além da T-shirt, que já tinha vindo na véspera com o kit de participação, juntamente com um livro de BD, ofereceram amostras de protector solar, pasta de dentes, balões, uma almofada para a praia, um lenço, lápis de cor e descontos e bilhetes para alguns sítios.

Depois, o lanche: pão com nozes, laranjas, maçãs, cenoura crua, sumo de fruta, e embalagens de maçã crocante.

 

Corrida da Criança 2-21-06-15.JPG

Corrida da Criança 4-21-06-15.JPG

 

Tirámos algumas fotos com as mascotes, que eram muito simpáticas!

 

Corrida da Criança 16-21-06-15.JPG

 

Numa das últimas tendas, fui então levantar o meu diploma de participação, autografado por alguns dos embaixadores, entre os quais o Paulo Fragoso, da RFM! 

 

Corrida da Criança 8-21-06-15.JPG

 

E olhem só quem eu encontrei, enquanto o Avô Cantigas ocupava o palco a cantar!

 

Além de tudo isto, inscrevi-me num casting para uma agência de modelos, fiz pinturas faciais, e participei num jogo.

Havia insufláveis, trampolins, rastreios visuais, balões, ateliers para entreter os mais pequenos, e mais diversões.

 

Mas depois das 13 horas tivemos que ir apanhar o comboio de volta porque ainda tínhamos mais aventuras programadas.

Fomos almoçar ao McDonalds e em seguida, ver o filme Divertida Mente!

Mas sobre isso vou falar no próximo post!