Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Mundo da Inês

Neste blog vou falar e expressar as minhas opiniões sobre vários assuntos. Espero que visitem o meu mundo!

O Mundo da Inês

Neste blog vou falar e expressar as minhas opiniões sobre vários assuntos. Espero que visitem o meu mundo!

18 curiosidades sobre os nossos amigos gatos!

publicado por O Mundo da Inês, 30.04.15

 

 Deixo-vos aqui algumas curiosidades sobre os nossos amigos gatos:

  1. Os gatos não saboreiam o doce.
  2. As bolas de pelo que vomitamos chamam-se egagropilos.
  3. Um gato faz cerca de 100 sons diferentes, enquanto um cão faz cerca de 10.
  4. O cérebro de um gato é biologicamente mais similar ao de um humano do que o cérebro de um cão. Ambos, humanos e gatos, têm uma região idêntica no cérebro responsável pelas emoções.
  5. Existem mais de 500 milhões de gatos domésticos no mundo, e aproximadamente 40 raças reconhecidas.
  6. O gato doméstico mais antigo foi encontrado numa sepultura no Chipre com mais de 9000 anos.
  7. A audição de um gato é melhor do que a de um cão. Um gato consegue ouvir sons de alta frequência, cerca de 2 oitavas acima de qualquer humano.
  8. Um gato roça num humano não apenas para mostrar afeto, mas também para marcar o seu território, devido ao odor que as glândulas à volta da sua face libertam. A cauda e as patas também têm o mesmo odor do gato.
  9. Cada gata, em média, dá à luz entre 1 a 9 gatos de cada vez. A maior ninhada até hoje foi de 19 gatinhos, mas apenas 15 sobreviveram.
  10. Um gato tem geralmente 12 bigodes em cada lado da face.
  11. Os pequenos tufos de pelo nas orelhas de um gato servem para manter a sujidade fora, direcionar sons para o ouvido e isolar as orelhas.
  12. Um gato tem cerca de 130,000 pelos por cm2.
  13. Um gato, em média, pode viver até aos 20 anos, o que equivale a cerca de 100 anos humanos.
  14. A primeira banda desenhada de um gato surgiu em 1919 e chamava-se Félix o Gato.
  15. A temperatura normal de um gato ronda os 38º e 39º C. Um gato está doente se a temperatura estiver abaixo de 37º e acima de 39º C.
  16. Dar a um gato comida humana ou de cão pode causar má nutrição e provocar doenças.
  17. Um coração felino bate quase 2 vezes mais rápido do que o de um humano: cerca de 110 a 140 batidas por minuto.
  18. Os gatos são extremamente sensíveis às vibrações. Um gato deteta um tremor de terra cerca de 10 a 15 minutos antes de um humano.

A evolução dos fatos de banho ao longo dos tempos

publicado por O Mundo da Inês, 30.04.15

 

No século XIX, só se podia apanhar sol para fins terapêuticos, e os fatos de banho eram como vestidos, que cobriam todo o corpo.

A partir dos anos 20, encurtaram-se as saias dos fatos de banho e dos vestidos. As mulheres começaram a usar uma espécie de macacão, ou então duas peças - bermuda e camisete. Já se podiam mostrar as pernas e os braços!

Nos anos 40, ao usar novos materiais, os fatos de banho começaram a ficar mais justos ao corpo.

Foi também nesta década que apareceram os primeiros biquinis! Mas, em Portugal, durante algum tempo, foi proíbido usar biquini por ser muito reduzido e mostrar a maior parte do corpo das mulheres.

Os fatos de banho mais curtos, e mais parecidos com os que conhecemos, só apareceram por volta das décadas de 50/60.

E é a partir da década de 60 que começa a ser aceite o biquini, e é criado o monoquini, que cobria o corpo a partir das coxas até um pouco acima da cintura, na qual duas tiras finas se cruzavam entre os seios e sobre as costas.

Daí em diante, foi havendo uma evolução gradual dos biquinis e fatos de banho até aos que hoje vemos!